Websites. Comércio virtual. Publicidade online.

Sua empresa pode dar-se ao luxo de não ter um site?

Escrito por Rodrigo, em 13 de julho de 2011 às 11:27.
Categoria: Dicas.

Com certeza ter um site é muito importante e vale a leitura de um artigo publicado no IDG Now falando sobre o assunto.

A presença online ligada a um site criado de acordo com os padrões web e otimizado para os sites de busca pode garantir mais clientes.

Leia o artigo no IDG Now: Sua empresa pode dar-se ao luxo de não ter um site?

Construa meu site na esquina da Avenida Google com a Rua Yahoo

Escrito por Rodrigo, em 21 de julho de 2009 às 23:21.

Quando seu site é inaugurado ainda não existem caminhos para que os visitantes entrem nele. Ao contrário de se criar uma loja física em um lugar movimentado, onde os clientes passam, um site depende de divulgação e conteúdo relevante.

Isso quer dizer que na internet não dá para você ter um imóvel comercial bem localizado.

Vamos fazer a seguinte analogia. Imagine você abrindo uma choperia no meio do deserto. O ambiente seria ideal, já que ali se faz muito calor e com um chope gelado seria um negócio lucrativo. Seria, se todos soubessem que sua choperia está lá. Neste caso você pode colocar placas indicando o caminho e divulgar seu negócio para não depender de uma boa localização. Mas neste mundo físico, bastaria um comerciante ter uma choperia em algum lugar melhor localizado e de maior movimento para seu negócio morrer por causa da concorrência.

Do mesmo jeito que a choperia, seu site também precisa de caminhos até ele para as visitas começarem a aparecer. É ai que entram os links espalhados pela internet que irão fazer o site ser encontrado por pessoas (possíveis clientes) e spiders (robôs dos mecanismos de busca). Neste caso, ao contrário do mundo físico, o ponto determinante para uma competição entre dois novos sites seria definida pela melhor estratégia de marketing digital.

Com o tempo a quantidade de links espalhados pela web aumentará, e se cada um trouxer um ou dois cliques por dia, seu site começa a gerar tráfego.

Agora você pode me dizer:

- Tá, mas um link trazer um ou dois cliques? Isso me parece tão pouco!

É ai que entra a quantidade junto com a cauda longa. Determinados links em sites de maior tráfego podem trazer uma grande quantidade de cliques, mas a dificuldade de se conseguir um link desse é grande. Veja o gráfico:

Cauda Longa nos Link

Ao lado esquerdo do gráfico verificamos a pequena quantidade de links que trazem muitos cliques por dia e na parte direita verificamos a grande quantidade de links que trazem poucos cliques por dia. Isso forma a chamada Cauda Longa.

Note que se somarmos a quantidade de visitas vindas dos links com baixa taxa de cliques observamos que eles acabam trazendo uma quantidade superior a soma dos links que trazem grande quantidade de visitas.

Isso não quer dizer que você deva sair por ai incluindo links em fóruns de discussão, listas de e-mail e em comentários de blogs. Isso pode causar uma má impressão nas pessoas e sua empresa pode sair perdendo nessa. O ideal é o que se chama de “crescer organicamente” e isso acontece quando seu site gera conteúdo de tal relevância para o visitante, que o mesmo se sente na obrigação de passar a informação adiante, seja em fóruns, e-mail, msn, twitter ou qualquer outro meio online.

Após investir em conteúdo e otimização para seu site, ele precisa de uma estratégia para atrair visitas. Para isso seu site deve ter um grande número de portas de entrada que se traduz em aumentar a quantidade de links externos.

Aumente a conversão em vendas com conteúdo relevante e de qualidade

Escrito por Rodrigo, em às 10:05.
Categoria: Dicas.

grafico-barras

Gerando um conteúdo rico e de qualidade a quantidade de visitas irá aumentar. Quanto maior o conteúdo do seu site, maior será o número de palavras-chave formadas.

Após decidir desenvolver o website de sua empresa a primeira coisa para se pensar é no seu conteúdo. Lembre-se, é com ele que as visitas serão atraídas pois a quantidade de palavras-chave formadas em seu texto será grande e consequentemente isso se converterá em bons números de visitas.

Mas não adianta gerar textos imensos somente com a intenção de bombardear os mecanismos de busca com palavras-chaves irrelevantes. O ideal é ser direto, mas não minimalista.

Procure sempre dar o maior número de informações relevantes para os seus visitantes. Isso evita que ele, ao entrar em seu site, fique frustrado por não encontrar de fato o que estava procurado.

Com um texto relevante o visitante se sentirá seguro e a taxa de conversão irá aumentar.

Cuidado ao listar dados e mais dados técnicos de seus produtos, pense em dar ao seu visitante uma experiência de compra agradável. Em uma loja virtual por exemplo, procure criar textos informando sobre o produto mas agregando valor na experiência de ter o produto. Neste caso mostre quais os benefícios que a pessoa terá ao adquirir o seu produto e depois mostre uma lista com dados técnicos para os visitantes mais exigentes. Este tipo de informação pode  resultar em uma venda.

Insisto em dizer que conteúdo é rei, mas esse rei precisa reinar em um ambiente agradável de fácil navegação e usabilidade.

Usando estes recursos o seu website irá minimizar o fato do cliente não poder tocar em seu produto.

Nada mais frustrante do que se aventurar comprando um produto novo em alguma loja virtual e quando o mesmo chega em sua casa não lhe satisfazer completamente.

Com isso o cliente entra em contato com a loja e fala que não que mais o produto. Isso gera prejuízo para a loja pois ela terá que arcar com os custos da logística reversa na hora que o cliente devolver o produto.

Mas qual a melhor maneira de uma loja virtual diminuir o “risco de compra” do cliente? Informação. E informação é conteúdo e conteúdo é rei.

O que é a taxa de rejeição?

Escrito por Rodrigo, em 26 de maio de 2009 às 18:54.
Categoria: Dicas.

Quando um visitante entra em seu site você quer que ele navegue por várias áreas e se possível entrar em contato ou comprar algo de você. Mas nem sempre isso acontece.

Muitas vezes a pessoa faz uma busca no Google e acha seu site, mas ao entrar, não consegue achar a informação que buscava ou simplesmente não consegue navegar e acaba saindo sem clicar em nenhum link da sua página.

Isso gera o que chamamos de taxa de rejeição, que é a porcentagem de pessoas que entram em seu site e saem sem realizar qualquer tipo de navegação por outras áreas dele.

Ter uma alta taxa de rejeição é preocupante e para resolver isso existem técnicas para “cercar” seu visitante.

Vou listar algumas delas:

  • Navegação e usabilidade: Seu site deve ser fácil de se navegar e achar a informação para seu visitante poder seguir adiante.
  • Links internos: Quando você tem alguma palavra relevante que é melhor explicada em outro link do seu website, faça um link.
  • Assuntos relacionados: também com links para assuntos relacionados ao texto anterior para possibilitar a continuação da navegação.

Mas qual seria uma taxa ideal?

Inicialmente pense abaixo de 50% e depois com mais técnicas você pode baixar esta taxa cada vez mais.

Últimos posts

Categorias

 

  • Receba nossa Newsletter
  • Entre em contato conosco
  • Gostaria de receber as novidades.

Live Pixel Agência Web

Rua Raul Peixoto, 710 Sala 12

Vila Ana Maria, Ribeirão Preto / SP

Ver localização no mapa

(16) 3235 71 44

Skype » livepixel

E-mail »

Blog Powered by Wordpress. Layout Live Pixel.